• Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square

Não faça para os outros, o que eles podem fazer sozinhos

1/5
Please reload

TRAUMA TEM CURA

1/6
Please reload

TEATRO ESPONTÂNEO COMO ABORDAGEM TERAPÊUTICA

1/10
Please reload

COMPORTAMENTO MANIPULADOR

27/03/2019

 

Via Estudantes de Psicologia

 

COMPORTAMENTO MANIPULADOR

 

Nosso objetivo é apresentar algumas características de uma personalidade manipuladora: Elas não são óbvias porque essas pessoas agem em silêncio ao construírem um muro de obrigações que temos para com elas. Esse muro acaba fazendo com que você se sinta pressionado e obrigado a continuar agindo dessa maneira por elas, mesmo que no fundo você fique se perguntando como a coisa chegou a esse ponto. 
Algumas das características de uma personalidade manipuladora incluem:


- O mártir: A pessoa com esse tipo de personalidade age como se ele ou ela fossem muito legais com os outros, mas na verdade estão misturando consideração com a necessidade de serem importantes para você. Quando agem assim, eles fazem coisas pelos outros que ninguém pediu ou quis que fizessem, mas assim eles garantem uma ligação com o “favorecido”.
- Os excessivamente dependentes e carentes: Elas acabam se escondendo por trás de uma máscara de manipulação para que você ache que está lidando com alguém normal, quando na verdade estão fazendo com que você supra a carência delas.
- Os narcisistas: Esse é o arquétipo do manipulador e é muito difícil lidar com esse mestre da manipulação.
Repare nas maneiras que as pessoas usam para tentar manipular umas às outras
-O peso da culpa: Esse comportamento manipulador serve para fazer com que você se sinta culpado e comece a agir como deveria, e não como você realmente quer e mantendo-se fiel ao que você acredita.
- O dono da verdade: Essa tática manipuladora serve para fazer com que a opinião do manipulador sobre seu comportamento prevaleça sobre a realidade, o que acaba se tornando um jogo de sentimento de culpa.
- O telefone sem fio: Para fazer com que você faça o que eles querem, eles alegam que “fulano disse isso” e que o certo é fazer desse jeito. Assim, eles se livram da responsabilidade e passam todo o peso dela para as suas costas.
- Os pit bulls: Esse método de manipulação consiste em provocar brigas. Assim, eles fazem com que você se sinta mal por coisas que não fez nem disse, mas pelas quais deve se sentir culpado no final.
- Auto-piedade: Mas eu sou tão mal-amado/perturbado/vítima das circunstâncias, etc. Às vezes todos nós precisamos de um ombro amigo para chorar nossas mágoas, mas manipuladores experientes sabem como ser os “coitadinhos” que sempre precisam de mais atenção.

 

DICAS PARA LIDAR COM MANIPULADORES


- Restrinja o peso da culpa: Se você consegue fazer com que alguém se sinta culpado, então você sabe do que estamos falando. O problema é que as pessoas se cansam de serem forçadas a sentir culpa o tempo todo enquanto o manipulador pensa que está levando vantagem.
- Reconheça o joguinho deles: É sempre assim: “Se ligasse pra mim de verdade, você iria...”, ou “Se você fosse mais responsável, você iria...”. Em todos esses casos, dá para substituir essas frases por “Faça o que eu quero.”
- Devolva na mesma moeda: Deixe que eles provem do próprio veneno e não deixe que a forma como eles veem seu comportamento determinar a situação. Assim eles têm a chance de sentir na pele o que ficam jogando na cara de todo mundo.
- Mantenha a arrogância deles bem longe: O problema do manipulador arrogante é que ele nunca faz perguntas, pois estas fazem com que eles sintam que estão perdendo o controle sobre a “vítima”. Em um relacionamento normal, as perguntas deixariam suas intenções claras e daí daria para partir para conversas mais profundas.
- Dê o fora quando o manipulador começar a fazer o joguinho “Mas o fulano disse/acha que...”: A maioria das pessoas uma vez ou outra comete esse deslize, mas para o manipulador, isso é um meio de vida.
- Desvie das brigas e conflitos usados pelos manipuladores: Ao provocá-lo, a intenção do manipulador é te deixar chateado e nervoso a ponto de bater boca. Por exemplo: “Que coisa, hein! Me deixando sozinho de novo hoje à noite!” ou “Puxa, achei que tínhamos combinado que essa era a melhor solução. Agora, você vem e faz algo nada a ver.”
- Não deixe que a auto piedade do manipulador atinja você: Fazendo o papel de “indefeso”, “azarado” ou “sofrido na vida”, eles estão tentando conseguir sua ajuda emocional, financeira ou outras formas de parasitar em você.
- Fique atento a pessoas que distorcem os fatos para parecerem que são melhores do que realmente são: Ao topar com uma distorção dos fatos, procure deixar as coisas claras. Explique que o que eles estão lhe dizendo não corresponde ao que você se lembra e que você precisa entender melhor como eles chegaram àquela conclusão.
- Não caia na armadilha daqueles que usam o amor como moeda de troca: As pessoas que agem assim vão fazer com que você sinta que tem uma dívida para com elas toda hora.
- Aprenda a identificar um falso mal-estar: Infelizmente, tem gente que chega a se fingir de doente para manipular os outros. As pessoas que fazem isso estão tentando fugir de responsabilidades, ter mais tempo livre, levar vantagem em lugares públicos ou são tão preguiçosas que querem que tudo seja feito pelos outros.
- Fique atento a gente que cria fofocas: Gente assim vai lhe dizer exatamente o contrário do que você espera ouvir. Assim, para desmenti-los, você acaba entregando mais informações do que deveria na ânsia de corrigi-los ou de provar que estão errados.
- Ignore cenas dramáticas que visam usar suas emoções para derrubá-lo: Algumas pessoas choram, gritam, fazem o maior drama e usam outras formas de chantagem emocional para forçar os outros a fazer o que querem ou simplesmente para conseguir o que desejam.


Siga a sua intuição: Você se sente pressionado ou forçado a fazer algo que preferia não fazer? O comportamento deles parece lhe atingir o tempo todo? Uma vez que você oferece ajuda, eles esperam que você ajude sempre mais? Suas respostas para essas perguntas são uma boa forma de abrir seus olhos para o futuro do seu relacionamento com o manipulador.
espero ter ajudado vc....

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Categorias

Tipos de bullying nas escolas

1/10
Please reload