• Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square

Não faça para os outros, o que eles podem fazer sozinhos

1/5
Please reload

TRAUMA TEM CURA

1/6
Please reload

TEATRO ESPONTÂNEO COMO ABORDAGEM TERAPÊUTICA

1/10
Please reload

Sobre sua (in)certeza

24/01/2019

 

 

No fim você vai ver que haverá muito mais ordem naquilo que antes considerava um caos, porque a felicidade tem essa mania de nos fazer ver o mundo cor de rosa.

Conceito é o que não nos falta nos dias de hoje. Basta observarmos mais atentamente e veremos que todos temos conceitos sobre tudo, até mesmo sobre o que desconhecemos.

A questão é que conceitos são como labirintos: se não o conhecermos o suficiente, corremos o risco de nos perder. Isso mesmo, nos perder dentro do nosso próprio pensamento, tornarmo-nos alheios aquilo que nós mesmos criamos.

O triste é que as vezes o labirinto nem é seu, você simplesmente se apropriou da criação de alguém e como se lhe custasse a vida, apega-se de corpo e alma a qualquer ideia que lhe dê segurança. Mas para que segurança?

A incerteza da vida é o que a faz realmente bela. Qual seria a graça de dormir e ter a certeza que irá acordar amanhã? Qual seria o encanto de todos os dias fazer as mesmas coisas e consequentemente ter sempre os mesmos resultados? Qual seria a excelência da sua vida se não estivesse constantemente em transformação?

O que faz nossa existência ser harmônica é justamente aquilo que nos tira da ordem. Que irônico, não?! Chega a ser engraçado observar as pessoas se prenderem ao tempo, a monotonia, aos conceitos, e a tudo que apenas os aprisiona, deixando a verdadeira vida se esvair por entre seus dedos.

Se permita acordar tarde pelo menos uma vez na semana; se permita sorrir loucamente por causa de uma piada; se permita curtir a chuva; se permita abraçar quem ama; se permita ser você mesma, mesmo que isso pareça uma loucura. Deixa essa certeza sobre tudo de lado, deixe esses seus conceitos tão sólidos debaixo da sua cama, ligue o som e sinta o quanto a imprecisão é bela, a dúvida é verdadeira.

No fim você vai ver que haverá muito mais ordem naquilo que antes considerava um caos, porque a felicidade tem essa mania de nos fazer ver o mundo cor de rosa.
Débora Rodrigues
© obvious: http://obviousmag.org/statu_quo/2016/sobre-sua-incerteza.

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Categorias

Tipos de bullying nas escolas

1/10
Please reload