• Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square

Não faça para os outros, o que eles podem fazer sozinhos

1/5
Please reload

TRAUMA TEM CURA

1/6
Please reload

TEATRO ESPONTÂNEO COMO ABORDAGEM TERAPÊUTICA

1/10
Please reload

Benefícios que as mandalas podem proporcionar/Ludmila Coutinho Artista Plástica/Designer/(21) 98777-8142 / 2611-2367

29/07/2019


1- O que são as mandalas?

 

Mandala é uma palavra em sânscrito que quer dizer círculo ou energia circular, que crescem em padrões repetidos em torno de um ponto central, da qual emana uma série de símbolos, formas e cores..

A mandala é reconhecida universalmente sendo o símbolo da totalidade, círculo ou conclusão, integração e harmonia que representa a conexão entre nossos mundos internos e realidade exterior. 

Pode ser utilizado de várias formas como no desenvolvimento pessoal, desenvolvimento espiritual, cura, harmonização de pessoas e ambientes, rituais, dança, decoração, arte, arquitetura, etc...

 

 

2- Quais são os benefícios que as mandalas podem proporcionar?

 

Pensamos e analisamos usando o lado esquerdo do cérebro, enquanto o lado direito do cérebro processa a imaginação, associações e conexões com os sentimentos. Quando estamos em harmonia, podemos levar nossa mente e nossos corpos a um novo estado capaz de nos fazer sentir melhor, mais fortes e mais conectados a nós mesmos.

 

A Mandala trabalha a pessoa nos sentidos: físico, emocional e energético. No físico promove bem-estar, relaxamento e previne o estresse. No emocional podem trabalhar conteúdos de emoções antigas, atuais ou futuras, pois o trabalho com Mandalas podem sinalizar eventos que aconteceram, os que estão ocorrendo e os quer estão para acontecer. 

 

Pelo seu formato circular, facilita a concentração e a direção de um foco permitindo-nos desligar nossos cérebros de outros pensamentos.

O ato de concentrar sua atenção em um ponto, que na confecção de uma mandala produz um relaxamento geral em seu corpo, com sua respiração se aprofundando e sua freqüência cardíaca abrandando.

As Mandalas, são utilizadas por muitos e em todo o mundo, transcendendo todas as culturas e religiões, pois elas são uma representação da vida, como a conhecemos.

Servem para ativar, energizar, irradiar, concentrar, absorver, transformar, curar e espiritualizar. Também  são utilizadas como na decoração para limpeza energética de ambientes, interferindo no emocional dos indivíduos, produzindo mais auto confiança, tornando-os mais relaxados, livres de estresse, saudáveis, criativos e felizes. Quando nos conectados com o nosso ‘’eu interior’’, permite-nos  capturar nossas verdadeiras essências.

 

 

3- Esses benefícios são comprovados cientificamente? Conte um pouco sobre isso.

 

Sim. É cientificamente provado para satisfazer tanto o seu cérebro esquerdo que é responsável pela razão, como  o  lado direito, o lado criativo. Se satisfaz em ver a Mandala completa à medida que ela cresce, proporcionando desta forma, a sensação de Integração.

Seu lado esquerdo, o lado mais analítico, é alimentado pelas partes individuais da Mandala. Estes dois estados ficam completamente satisfeitos enquanto desenham Mandalas, aumentando a experiência meditativa.

As técnicas com Mandalas podem ajudar muito na cura de uma doença, ou contribuindo para o aumento de sua consciência, ajudando-a a lidar com a mesma de forma mais saudável.

Pesquisadores reconheceram as qualidades terapêuticas da mandala por anos, e hoje, é também utilizada para ajudar as pessoas a se expressarem.

 

 

4- É possível utilizar as mandalas como forma de tratamento terapêutico para pacientes com algumas síndromes? Como funciona o tratamento?

 

A própria natureza da criação de uma mandala é terapêutico e simbólico. As formas e as cores que são criadas, refletem o seu interior no momento da criação. O  sentimento e a sensação de cada indivíduo, é responsável por sua inspiração e consequentemente irá, guiá-lo através do processo de criação. Estará criando um retrato de si mesmo. É a representação de que cada um está sentindo naquele momento. Suas emoções, pensamentos, seu inconsciente, estão sendo representadas, na confecção das mandalas.

O importante , será a representação de algo significativo e pessoal ...

 

 

5- Quais casos são os mais indicados?

 

Não existem casos mais indicados. Todos podem se beneficiar das mandalas que são muito bem vindas para pessoas que lidam com uma variedade de condições, tais como a depressão, a demência, a ansiedade, doenças mentais, doenças debilitantes, desafios de vida, estresse e dentre outras.

 

 

6- Como surgiu os tratamentos terapêuticos com uso de mandalas? Existe um criador?

 

Na área terapêutica foi Jung quem trouxe as Mandalas para os consultórios. Jung pintou sua primeira Mandala em 1916.  Seus primeiros desenhos eram somente desenhos circulares e ele não compreendia seus significados. Ao longo do tempo observou que havia um padrão em suas Mandalas e caso estivesse em conflito desenhava uma Mandala alterada.

Com um tempo, passou a utilizar a técnica com Mandalas com seus pacientes até criarem as suas próprias. Ele descobriu que os símbolos da Mandala podiam ser subconscientemente absorvidos pela mente dos indivíduos, trazendo cura e auto-reflexão.

Hoje em dia a Mandala é usada na psicologia junguiana e transpessoal e por terapeutas que trabalham com desenvolvimento pessoal.

 

 

7- Existe algum caso que o uso da mandala não é indicado? Qual? Por que?

 

Não. Qualquer pessoa pode utilizar as Mandalas como ferramenta tanto artística, quanto terapêutica.

Existem diferenciados tipos de técnicas com Mandalas que podem ser nos desenhos geométricos ou livres, pinturas em telas, vidros, madeiras e pedras, tecelagem com fios, orgânicas em diversos padrões, etc.

Não existe limites para confeccionar uma Mandala. É um trabalho simples, mas ao mesmo tempo profundo, pois as Mandalas colocarão, de forma sutil, no lugar certo, aquilo que se encontrava fora do lugar.

Trabalhar com Mandalas promove relaxamento psicofísico pelo ato de desenhar, pela contemplação, e pela meditação que o próprio fazer proporciona, aumentando o poder de se concentrar, de perceber e intuir.

 

É importante deixar claro, que minha atuação profissional, é como artista plástica, e como tal tive a oportunidade de observar os resultados de meus trabalhos com meus clientes.

É inquestionável o resultado deste trabalho, com confecção de Mandalas.

Percebo claramente, seu relaxamento, produção de emoções e sentimentos e consequentemente o aumento de sua auto-estima, quando conseguem expressá-los.

Vejo nitidamente sua Integração, como resultado da expressão de sua consciência.

Este trabalho produz, com certeza, a possibilidade de expressarem conteúdos reprimidos e inibidos ao longos dos anos.

Portanto, entendo como artista, seu valor terapêutico..

 

www.menteemovimento.com.br
menteemovimento@gmail.com
Ludmila Coutinho
Artista Plástica/Desiner

21 98777-8142 / 2611-2367

 

 

Entrevista realizada em dezembro para a revista O FLU - Marina mello

Ludmila Coutinho

Artista Plástica / Designer

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Categorias

Tipos de bullying nas escolas

1/10
Please reload