Psicoterapia em Grupo

Benefícios da terapia de grupo


A terapia de grupo é uma prática terapêutica ainda pouco difundida e praticada, mas que apresenta bons resultados e tem ajudado muitas pessoas a superar problemas. Ela é feita em grupos de no mínimo 4 pessoas que se encontram semanalmente por aproximadamente 1 hora e 30 minutos para trocar experiências, compartilhar dores e sofrimentos e procurar apoio em momentos difíceis.
A dificuldade em procurar uma terapia de grupo é a vergonha de expor seus problemas para outras pessoas.Porém é importante entender que todos que estão ali presentes estão dispostos a ouvir, apoiar e trocar experiências.
O papel do terapeuta consiste em auxiliá-los com suas questões e garantir a privacidade do grupo.
Um dos benefícios da terapia de grupo, é estar em contato com pessoas que estão passando por situações parecidas com as suas.. Através da troca, todos começam a se sentir mais fortes para enfrentar o problema e passam a vê-lo de uma forma diferente.
A oportunidade de conhecer e estar em contato com novas pessoas, principalmente pessoas que podem ter algo em comum com você.
Certeza que está sendo ouvido e compreendido
Muitas pessoas reclamam da dificuldade em poder ser ouvido e compreendido por alguém, encontrar alguém em que se possa confiar totalmente e principalmente, não ser julgado..
Sentir que existem pessoas que se importam com você e com a sua dificuldade
O principal benefício é estar em contato com pessoas que estão passando por situações parecidas com as suas.
Ao interagir e trocar experiências com pessoas que estão vivendo situações iguais ou semelhantes às suas, as pessoas ficam mais próximas e preocupadas umas com as outras.
Ter um custo menor
Cada sessão de terapia de grupo geralmente tem o valor mais baixo que a terapia individual, o que torna a terapia acessível a um maior número de pessoas.
Os grupos podem ser livres ou ter como objetivo , trabalhar temas específicos
Nos grupos livres, as questões, problemas e interesses variam de pessoa para pessoa. Nos grupos temáticos, as questões são específicas como, por

exemplo, obesidade, álcool, drogas, depressão, terceira idade, gravidez, luto e etc..

Psicodrama de Casal, dirigido por Jacob Levy Moreno

Definição

 

A terapia de grupo é uma forma de psicoterapia onde um grupo pequeno, cuidadosamente selecionado de indivíduos se reúne regularmente com um terapeuta.

Propósito

 

O objetivo da terapia de grupo é ajudar cada indivíduo em seu crescimento emocional e na resolução de problemas pessoais.

 

Descrição

 

A terapia de grupo abrange muitos tipos diferentes de grupos com diferentes orientações teóricas que existem para fins variados. Todas as modalidades ajudam as pessoas a crescer emocionalmente e a resolver seus problemas pessoais. Todos utilizam a energia do grupo, bem como a do terapeuta, que o conduz neste processo.

 

Ao contrário do simples relacionamento de duas pessoas entre paciente e terapeuta na terapia individual, a terapia de grupo oferece múltiplas relações de forma a auxiliar o indivíduo em seu crescimento. O psiquiatra Irvin D. Yalom, em seu livro " Teoria e Prática da Terapia de Grupo" identificou alguns "fatores de cura", que são os "agentes primários da mudança" neste tipo de terapia:

 

Estímulo de esperança

 

Todos os pacientes entram na terapia com a esperança de diminuir o seu sofrimento e melhorar suas vidas. Cada membro de um grupo da terapia está, inevitavelmente, em um ponto diferente em sua busca, assim como se desenvolve em uma taxa diferente. Os novos membros ou aqueles em desespero podem ser particularmente encorajados pelos resultados positivos dos outros.

 

Universalidade

 

Um sentimento comum entre os membros de terapia de grupo, especialmente quando um grupo está apenas começando, é a de estar isolado. Muitas das pessoas que entram no grupo têm grande dificuldade em manter relacionamentos interpessoais. A terapia é uma maneira possível de transformar estes sentimentos. Para muitos, poderá ser a primeira vez em que se sentem realmente compreendidos por outras pessoas. O enorme alívio enorme muitas vezes acompanha o reconhecimento de que eles não estão sozinhos; este é um benefício especial do grupo.

 

Altruísmo

 

A terapia de grupo oferece aos seus membros uma oportunidade única: a oportunidade de ajudar os outros. O processo de ajudar os outros é uma poderosa ferramenta terapêutica que melhora muito a auto-estima e o sentimento de auto-estima dos membros.

 

Habilidades sociais melhoradas

 

A aprendizagem social ou o desenvolvimento de habilidades sociais básicas é um fator terapêutico que ocorre em todos os grupos. Os membros do grupo oferecer a possibilidade de um "feedback" uns aos outros sobre a adequação do comportamento dos outros. Embora isso possa ser doloroso, a franqueza e a honestidade com a qual ele é oferecido pode fornecer uma correção comportamental necessária e, assim, melhorar as relações dentro e fora do grupo.

 

Comportamento imitativo

 

Pesquisas mostram que os terapeutas exercem uma poderosa influência sobre os padrões de comunicação dos membros do grupo, modelando determinados comportamentos. Por exemplo, através de sua  escuta ativa, dando feedbacks sem julgamento, e oferecendo apoio. Ao longo do tempo, os membros desenvolvem esses comportamentos. Isto lhes possibilita uma atitude mais positiva com os outros, aumentando a sua auto-estima e sua vida emocional.

 

Aprendizagem interpessoal

 

Os seres humanos são animais sociais. Nossas vidas são caracterizadas por relações intensas e persistentes, e grande parte da nossa auto-estima é desenvolvida através de comentários julgamentos de outras pessoas as quais consideramos importantes. No entanto, todos nós desenvolvemos distorções na forma como vemos os outros, e essas distorções podem danificar até mesmo nossos relacionamentos mais importantes. A terapia de grupo pode proporcionar uma oportunidade para os membros de melhorar a sua capacidade de se relacionar com os outros e viver uma vida muito mais gratificante.

 

A coesão do grupo

 

Pertencimento, aceitação e aprovação estão entre as necessidades humanas mais importantes. Muitas pessoas com problemas emocionais, no entanto, na terapia de grupo podem se sentir verdadeiramente aceitas e valorizadas. Isso pode ser um fator de cura poderoso, de forma a substituir os seus sentimentos de isolamento e separação por um de pertencimento.

 

Catarse

 

A Catarse é um experiência emocional poderosa que promove a liberação de sentimentos conscientes ou inconscientes e que traz uma sensação de grande alívio. Ela está presente na maioria das terapias, incluindo a terapia de grupo. É um tipo de aprendizagem emocional, ao contrário do entendimento intelectual, e que pode levar a uma mudança imediata e de longa duração.

 

O que é o Psicodrama?

 

Desenvolvido por Jacob Moreno, psiquiatra austríaco. Esta técnica facilita os membros a trabalharem conteúdos significativos de suas vidas ajudando-os a resolver os seus conflitos. O Psicodrama traz o conflito (situação conflitiva crônica ou traumática) para o presente e, através de técnicas específicas, ajuda os membros do grupo a resolver suas questões. O trabalho com a catarse assume um papel importante. Esta abordagem é particularmente útil para pessoas que têm dificuldade em expressar seus sentimentos em palavras.

 

O Psicodrama é uma abordagem de psicoterapia criada pelo psiquiatra Jacob Levy Moreno no início do século XX. Possui como base fundações psicodinâmicas, sistêmicas e existencialistas e se orienta por uma visão holística dos participantes, valorizando seus comportamentos, pensamentos,   emoções e atitudes corporais. 

 

É uma forma de terapia (modalidade individual ou em grupo) onde os participantes têm a possibilidade de explorar suas emoções, assuntos e eventos conflituosos através de técnicas apropriadas e sob a supervisão do psicoterapeuta.

 

O terapeuta auxilia os participantes a alcançarem insights mais profundos sobre as suas questões, o que possibilita, por sua vez, uma maior capacidade de lidar melhor com as questões em sua vida. 

 

A abordagem psicodramática possui uma metodologia criativa, sendo trabalhada tanto em grupos como individualmente. É um método que vai  além do campo estrito da psicoterapia, pois é também aplicado ao campo educacional, em empresas, em comunidades e, de uma maneira geral, em qualquer ambiente onde sejam formados grupos (ambientes de trabalho em geral, hospitais, prisões, reformatórios, asilos, etc.)

O tratamento psicodramático é uma forma de terapia em grupo em que os pacientes exploram emocionalmente assuntos e eventos conflituosos através de técnicas apropriadas e sob a supervisão do psicoterapeuta. Este, o terapeuta, auxilia os pacientes a alcançarem insights mais profundos sobre os seus problemas, o que possibilita, por sua vez, numa maior capacidade de lidar melhor com as questões em sua vida. 

Além disso, consideramos o trabalho em grupo valioso, pois, como se pode constatar pela experiência prática, há uma grande força curativa durante estes trabalhos o que possibilita, muitas vezes, em processos terapêuticos mais profundos e rápidos.

 

Por fim, pode-se afirmar que o psicodrama é particularmente eficaz também no tratamento de perturbações crônicas de ordem emocional  bem como eventos pontuais na vida do cliente (trauma). Os bloqueios que impedem que o estresse crônico ou o trauma sejam elaborados são o foco central ao longo do processo terapêutico, de modo que as questões que deram origem a estar perturbações possam ser re-vivenciadas e trabalhadas. 

Criado Por Ludmila Coutinho. Mente e Movimento. Todos os direitos reservados®

Rua Coronel Moreira César, nº 426 - sala 405, Icaraí - Niterói -RJ

Tel.: (21) 98883-8143 / 98777-8142 / 2611-2367