• Mente e Movimento

Por que sentimos prazer em ajudar o próximo?



Ajudar alguém é uma ação que aumenta os níveis de satisfação, melhora o humor, reduz o estresse e proporciona bem-estar às pessoas.

Estudos científicos apontam que ajudar outra pessoa é uma ação que aumenta os níveis de satisfação, melhora o humor, reduz o estresse e proporciona senso de propósito ao indivíduo. O ato de se doar para o outro também tem o poder de reduzir a fixação com os próprios problemas.

Os pensamentos influenciam as emoções e, consequentemente, o comportamento humano. Emoções como medo, raiva e tristeza são inevitáveis e fazem parte da condição humana, porém todos têm o poder de decidir se quer reforçar esses sentimentos negativos ou não.

Benefícios de ajudar o próximo

Ao ajudar outra pessoa, o corpo libera oxitocina — um hormônio que ameniza essas emoções negativas, gerando uma sensação de bem-estar e ativando os centros de recompensa do cérebro. Ao agir em prol do outro, portanto, o indivíduo está incentivando a produção deste hormônio, obtendo uma sensação de solução e de dever cumprido. Não fazer nada, por outro lado, promove mais ansiedade e gera desconforto e sofrimento.

De acordo com pesquisa realizada pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, ajudar ao próximo faz bem ao coração, aumenta a imunoglobulina A (anticorpo que defende o organismo contra infecções respiratórias), a vitalidade e a expectativa de vida das pessoas. Para chegar a esta conclusão, o estudo coletou e analisou dados de mais de 2.700 pessoas ao longo de dez anos.

Além disso, é comprovado que pessoas que ajudam o próximo apresentam os seguintes benefícios:

  • Apresentam menos sintomas de depressão e ansiedade;

  • Sentem-se bem consigo mesmas;

  • Não ficam remoendo os próprios problemas:

  • Sentem-se mais gratas por aquilo que possuem.

A importância da solidariedade

A solidariedade é uma troca: quem recebe ajuda não é o único beneficiado pela atitude. Os seres humanos são sociáveis, da mesma forma que a tristeza de um amigo próximo nos toca, fazer o bem a alguém também nos afeta — mas de maneira positiva.

Podemos ajudar as pessoas e a sociedade em que vivemos de várias maneiras, sendo que alguns pequenos gestos que fazem diferença são: apoiar instituições, realizar trabalho voluntário, dar suporte financeiro, doar roupas e alimentos, ser doador de sangue, tornar-se doador de órgãos, prestar auxílio a pessoas que são portadoras de algum tipo de deficiência.

Comece a praticar! Inclua atitudes solidárias na sua rotina e perceba os benefícios que elas trazem para sua vida.

http://www.sbie.com.br/blog/afinal-por-que-sentimos-prazer-em-ajudar-o-proximo/

#inteligênciaemocional #solidariedade #relaçõesinterpessoais

29 visualizações0 comentário