Grupo para Adolescentes

 

 

A abordagem utilizada na condução do trabalho com os grupos que se apresentará em seguida pode ser classificada como um Psicodrama Moreniano, pois, seus propósitos são:

 

- promover a liberação da espontaneidade do adolescente, através do brinquedo, jogos, representações e outras atividades escolhidas livremente;

- facilitar a estruturação sociométrica do grupo;

- promover o desenvolvimento da “tele”, ou seja, a possibilidade de trocar de lugar com o outro).

 

Adotamos, portanto, a postura da “escuta”, para entender melhor suas  reais necessidades.

 

Em minha experiência, posso observar, através do relato dos pais, dos profissionais e dos professores, além das observações pessoais, um progresso significante nos padrões de comunicação, atitudes e ajustamento emocional destes meninos.

 

Utilizamos a maioria das técnicas psicodramáticas, tais como: 

- jogos corporais, 

- "role-playing", 

- jogos sem palavras, 

- espelho, 

- duplo, 

- inversão de papéis, entre outras.

 

Nosso trabalho inicia com o estabelecimento de um vínculo positivo e favorável com cada adolescente individualmente.

 

Posteriormente, nos grupos, propiciou-se aos adolescentes a oportunidade de melhorar suas habilidades em estabelecer vínculos mais saudáveis com pessoas (os colegas de grupo) e com objetos (os jogos e os materiais disponíveis  no trabalho de grupo).

 

Procura-se criar um ambiente protegido, onde eles não sejam cobrados ou punidos por seus "fracassos" e nem pressionados a se desempenhar bem, mas assistidos e acolhidos em suas dificuldades.

 

 

Como resultado, verificamos o desenvolvimento de uma situação que chamamos de "educação paralela", onde se desenvolve nos adolescentes a capacidade de crescimento e aprendizado, diferenciados daquelas normas básicas e gerais que regem as situações ambientais a que estavam sujeitos .

 

Além disto: facilitando um maior grau de espontaneidade e favorecendo a capacidade criativa de cada adolescente, facilitamos a estes um maior conhecimento do seu Eu, de suas potencialidades. Protegidos por um ambiente que o próprio grupo cria, os membros podem promover uma liberação da carga emocional "contra o mundo", reprimida que estava pelo outro ambiente que apenas exigia aceitação e respeito.

 

 

 

 

 

 

Criado Por Ludmila Coutinho. Mente e Movimento. Todos os direitos reservados®

Rua Coronel Moreira César, nº 426 - sala 405, Icaraí - Niterói -RJ

Tel.: (21) 98883-8143 / 98777-8142 / 2611-2367