Galeria de Fotos "Beco dos Excluídos!

Grupo de Adolescentes.Este trabalho foi construído  no NAE(Núcleo de Arte e Educação)-SEMEC- Niterói-1996 sob minha direção.

Trata-se da apresentação da Perfomance “BECO DOS EXCLUÍDOS”, no auditório da FME(Fundação Municipal de Educação de Niterói).

Os personagens apresentados foram criados a partir do desejo de cada adolescente .Puderam expressar suas emoções através de um clima lúdico e não censurado.Nestas cena obervamos alguns personagens: como o “louco”, a prostituta, o bandido, a população em situação de rua, etc…

Adolescentes e jovens têm no Psicodrama um espaço de fala que, na maioria das vezes, inexiste na escola e na sua vida. O palco psicodramático é um território livre onde qualquer idéia, tempo ou personalidade pode ser exposta sem acarretar punições comuns na vida real por conta do distanciamento que a ficção proporciona. Essa situação é fundamental para o desenvolvimento de uma reflexão crítica, e contribui para satisfazer a busca de experiências característica da adolescência.

O objetivo deste trabalho, é a de que estas situações  sejam “olhadas ” pela sociedade sem preconceitos , que nos façam pensar sobre as condições que  estas pessoas vivem. Pensamos nesta Perfomance, não só como a possibilidade de transmitir uma mensagem de Amor a todo o ser Humano que se encontra em situação de Exclusão, como também no desejo de contribuir para transformar a sociedade em que vivemos  num lugar mais justo e igual para todos.

Este grupo, foi formado por 16 adolescentes, estudantes da Rede Municipal e Estadual de Ensino, no Município de Niterói, Rio de Janeiro.

Neste período , coordenava o Núcleo de Teatro, dirigido a alunos adolescentes e professores da Rede Municipal.

Pensei na criação desta Perfomance ou Sociodrama (pois retratava uma questão social), a da exclusão.

Trata-se de uma Perfomance , inspirada, na Teoria  Psicodramática, criada por Jacb Levy Moreno.

Representa o Nascimento do Homem, sua exclusão, imposta pelas conservas culturais e  a descoberta de sua verdadeira Identidade.

A apresentação foi dirigida aos profissionais de educação, estudantes, seus pais e comunidade.

Este primeiro momento, representa, o aquecimento e descontração dos adolescentes, na preparação de sua apresentação.

Segue, abaixo, algumas fotos da apresentação.

Particularmente, nesta Perfomance, os personagens criados por eles foram: bandidos, viciados em drogas, empregada doméstica, população de rua , prostitutas e população indígena.

Momento de Confraternização, após a coroação de todos os adolescentes.

Todos, são "coroados", por um Cristo, representado por um dos adolescentes.

É a representação do Encontro, com sua verdadeira dividade.

"Somos Deuses, e esquecemos disso"