Ludmila Coutinho 

Artista Plástica e Designer

Artista Plástica desde 1998 (Membro da Associação Fluminense de Belas Artes). Possui graduação em Design de Moda (2005).
Atualmente, dedica-se ao design Gráfico, às artes visuais, à arte, e a técnica com Mandalas realizando cursos e workshops para crianças, adolescentes, adultos e terceira idade.
Referência em mandalas em Niterói, oferece uma gama extensa de diferenciados cursos de mandalas.
Periodicamente, dá cursos, workshops, palestras em seminários públicos relacionados aos seguintes temas: emoções, espontaneidade, terapia de grupo, saúde emocional. Fornece também treinamento para profissionais de saúde e de educação também nesta abordagem (psicólogos, psicopedagogos, professores, médicos, assistentes sociais, etc.).

 

 

Possui especial interesse na criação de mandalas e desenvolveu métodos próprios de criação, confeccionando-as com alta qualidade e originalidade.
Suas Mandalas procuram externar a beleza das cores e formas geométricas do Universo, emanando energias harmônicas e criadoras aos ambientes, afetando beneficamente as pessoas que se encontram neste espaço.
Além de decorar ambientes, com seu trabalho artístico, tem como objetivo, auxiliar as pessoas por meio de técnicas e ajuda-las a desbloquear emoções e sentimentos ou ainda ativar e atrair energias positivas.
Entende que o trabalho com arte pode ajudá-las em casos de depressão e outras doenças emocionais, além de revelar sua personalidade e a purificação de seus pensamentos.

A Arte também pode ser considerada uma importante metodologia de investigação e intervenção nas relações interpessoais nos grupos, entre grupos ou mesmo no relacionamento de uma pessoa consigo mesma. Favorece as relações vivas e diretas com as emoções, sentimentos e fantasias do indivíduo, graças às suas possibilidades expressivas. Podemos considerá-la como exercício da espontaneidade e da criatividade, a aprendizagem de papéis e o desenvolvimento das redes relacionais como elementos facilitadores e transformadores do desenvolvimento social e pessoal do ser humano.

A sociedade exige uma ação criativa, articulada e participativa que viabilize soluções para as questões sociais da atualidade, portanto  são alternativas adequadas que favorecem a realização dos projetos pessoais e grupais.
Por isso,  estão nos Consultórios, Escolas, Organizações. Ambos partem da visão holística do homem; do entendimento que a "relação" é o princípio de todas as ações; de que o processo de aprendizagem não se reduz a aspectos puramente racionais, mas também cognitivos, afetivos e sociais e também que a espontaneidade, a sensibilidade, a intuição, a na área institucional, tem norteado projetos de prefeituras, objetivando melhor integração da equipe, com incentivo da criação coletiva, identificação de questões centrais em termos de planejamento, preparação para reuniões com a comunidade e outras áreas da administração.Tem sido utilizado também para identificar razões e dificuldades de relacionamento  presentes no grupo, além de revelar a capacidade de se lidar com realidade e fantasia.
Favorece a reconstrução das histórias de vida, a descoberta de novos interesses e talentos.
Propõe intervenções, através da expressão artística, promovendo o humor e a leveza de vida, como remédios preventivos da cidade e seus rígidos padrões de stress.
 
No final dos Encontros , haverá momentos de reflexão do grupo a respeito dos "caminhos" seguidos, dos problemas surgidos e das oportunidades de melhoria.
 
É uma prática que põe em ação o desenvolvimento do indivíduo aferido na sua totalidade, favorecendo, através de atividades lúdicas, o desenvolvimento de uma aprendizagem global (cognitiva, afetiva, sensorial, motora e estética).
 
Abrange quase todos os aspectos importantes do desenvolvimento. A grande diversificação deste trabalho, tornam-na, por excelência, num importante instrumento de trabalho, uma vez que visa processos de experimentação que ampliam o potencial cognitivo, fazendo com que o indivíduo seja capaz de expressar, com autonomia, uma visão crítica do mundo.